O presidente brasileiro acusou o Supremo Tribunal de tentar reintegrar seu rival

13-01-2022 11:34

Lançamento
13-01-2022 11:34

Foto de Adriano Machado / /Reuters

O presidente brasileiro Jair Bolsanaro acusou o Supremo Tribunal de tentar restabelecer Luis Inácio Lula da Silva, presidente da presidência de 2003-2011. Pesquisas de boca de urna sugerem que o ex-presidente brasileiro vencerá as eleições de primeiro turno em outubro.

“Eles estão ameaçando, minando nossa liberdade democrática, nossa liberdade de expressão”, disse Bolsanaro ao InfoPay na quinta-feira. O presidente citou cinco ações movidas contra ele no Supremo Tribunal Federal, entre outras, ligando a vacina Covit-19 ao potencial de infecção pelo HIV.

Referindo-se a dois ministros da Suprema Corte, Alexander de Moraes e Luis Roberto Burroughs, que iniciaram o julgamento contra Bolsanaro, o chefe de Estado disse: “Eles querem que seu candidato, Lula, seja seu presidente”.

Em 2018, Luis Inácio Lula da Silva foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção. Em 8 de março de 2021, o juiz da Suprema Corte Edson Fouch revogou a sentença, que foi confirmada pela maioria dos juízes da Suprema Corte em abril. Em maio, Lula anunciou que concorreria contra o atual presidente Bolzano nas eleições de outubro de 2022.

A pesquisa Genial/Quaest, realizada de 6 a 9 de janeiro deste ano, prevê que Lula vencerá o primeiro turno das eleições. 52% dos entrevistados declararam que votaram nele. Entrevistados, e 27 por cento expressaram o desejo de votar em Bolzano. Oponentes.

jbw / ap /

Fonte:PAP
Temas
READ  John Madden, um entusiasta do futebol, foi incomparável no estande

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Dia Jundiaí