Fique Conectado

Brasil

Inscrições abertas: iniciativas transformadoras de estudantes podem ser inscritas no prêmio Desafio Criativos da Escola

Avatar

Publicado

em

Pela primeira vez, premiação levará grupos selecionados para a Itália, rumo à vivência internacional com intercâmbio com jovens de outros 70 países

Estudantes e educadores de todo o Brasil, preparem-se! Começam hoje (13), as inscrições para a premiação “Desafio Criativos da Escola 2019”, iniciativa realizada pelo programa Criativos da Escola, do Instituto Alana. Para comemorar a 5ª edição do Desafio, a premiação acontecerá esse ano, pela primeira vez, em um destino internacional: estudantes e professores premiados embarcarão, no segundo semestre, para Roma, na Itália, junto com a equipe do Criativos.

Crianças e jovens, alunos do ensino fundamental ou médio, já podem inscrever seus projetos que promovam histórias de mudanças e proponham soluções para questões que afetem suas escolas, comunidades ou mesmo municípios onde moram. As inscrições podem ser feitas no site do Criativos da Escola até o dia 30 de junho.

Este ano, o Desafio reconhecerá as sete iniciativas que mais se destacarem por ações marcadas pelo protagonismo, empatia, trabalho em equipe, criatividade e potencial de transformação social. Na capital Roma, o grupo de três estudantes e um educador de cada projeto selecionado viverá imersão em escolas locais com estudantes italianos que participam do DFC, participará de uma caminhada em defesa dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e estará em evento realizado com o Papa Francisco.

“Desde a primeira edição do Desafio, já recebemos mais de 4500 projetos de todos os estados brasileiros, em temáticas como saúde, meio ambiente, educação, inclusão, tecnologia, políticas públicas, entre outros. É um movimento que cresce e que, mesmo em contextos adversos, mostra a potência de crianças e jovens cobrando melhorias, evidenciando problemas estruturais e colocando em prática ações transformadoras. Convidamos estudantes e educadores a participarem do Desafio que, neste ano, proporcionará uma experiência inesquecível de intercâmbio com estudantes de realidades ainda mais diversas”, destaca Gabriel Salgado, coordenador do programa Criativos da Escola.

Para auxiliar os educadores interessados em promover experiências de transformação protagonizadas por seus alunos, o Criativos da Escola disponibiliza um material de apoio, além de textos, vídeos e reflexões que podem contribuir com sua prática dentro e fora da sala de aula. Já os jovens alunos contam com o jogo de cartas “A Missão“, um baralho transformador que tem como propósito estimulá-los, de maneira autônoma, a ultrapassar desafios para concretizarem suas iniciativas. Outra fonte de inspiração são os programas do canal do Criativos da Escola no YouTube. No programa “Lu de Lupa“, por exemplo, a jovem Luiza Geiling propõe um bate-papo leve, divertido, ágil e cheio de questionamentos.

Autodidata, palmeirense, apreciador de whisky e filho de "nossa terra querida", Fillipe foi criado em Jundiaí. É autoridade em Marketing de Influência. Possui grande notoriedade por ter em seu currículo, especialidade em Estratégia, Conteúdo e Ações Práticas no Marketing de Influência. Hoje, é o atual executivo da Oak Comunicação, agência paulistana de marketing de influência, relações públicas e assessoria de imprensa, onde já atendeu diversos dos maiores influenciadores e personalidades do Brasil. Trabalhou em campanhas para diversas marcas como: Rappi, Hopi Hari, VIACOM, Jack Daniels, Camarote Fan Zone, Wet’n Wild, Allianz Parque, Nickelodeon, entre outras. Fillipe também é editor-chefe do Jornal O Dia Jundiaí, diretor criativo na agência Oak Design, onde desenvolve atividades de gestão de mídias sociais, bem como análise e mensuração de resultados, e nas horas vagas é “blogueirinho” - como ele mesmo se nomeia - no Descubra Jundiaí.

Brasil

#FiqueBemFiqueEmCasa: Claro, Oi, TIM e Vivo se unem em campanha inédita

Avatar

Publicado

em

Movimento apresenta as iniciativas em comum das empresas para que as pessoas possam ficar em casa

Claro, Oi, TIM e Vivo se unem em um movimento para ajudar os brasileiros que estão em casa durante o isolamento social por conta da pandemia do Covid-19. Com a hashtag #FiqueBemFiqueEmCasa, a campanha apresentará as iniciativas em comum das empresas para ajudar as pessoas a se conectarem e atravessarem o período da melhor forma.

As empresas adotaram diversas iniciativas nesse momento para trazer o máximo de informação e possibilidades de entretimento às famílias, como a liberação de conteúdo de TV e internet, bônus de internet no celular e navegação gratuita no app Coronavírus SUS. O objetivo neste momento é garantir plena conectividade para ajudar toda a população nos compromissos de trabalho e estudo, nas interações à distância. Tudo isso com tecnologia de ponta e uma rede confiável.

Continuar Lendo

Brasil

Natura redireciona fábricas para produção de álcool

Avatar

Publicado

em

Empresa também se compromete com estabilidade de emprego por 60 dias; rede de relações cumpre papel social ao abastecer população com produtos de cuidados essenciais

Natura &Co América Latina anunciou que, desde terça-feira (24), os colaboradores de suas fábricas na região se dedicarão, gradativamente, a produzir apenas itens essenciais de higiene pessoal, além de álcool em gel e líquido, cruciais para frear a propagação da COVID-19.

Temporariamente, a empresa deixará de fabricar linhas como maquiagem e perfumaria, enquanto os estoques disponíveis deverão honrar os pedidos feitos por consultoras e revendedoras. Diante do cenário atual, a companhia também assumiu o compromisso de não adotar nenhum programa de demissões nos próximos 60 dias.

Ao usar o critério de essencialidade para limitar as operações de produção e logística, a empresa busca manter em casa um número ainda maior de colaboradores. A diminuição da circulação de pessoas em nossos espaços, aliada ao reforço de todos os protocolos de sanitização e higiene, reduzirão os riscos para os times que estarão nas fábricas e centros de distribuição focados nos itens de primeira necessidade para a população. A mesma medida se aplica nas instalações operadas por parceiros.

Equipes de serviços administrativos já estão em regime de home office, com foco no apoio aos times operacionais e da força de vendas. Parceiros de centrais de atendimento da Avon e Natura na América Latina também exercem suas atividades de maneira remota, com apenas cerca de um terço dos funcionários atuando nos locais de trabalho, com medidas reforçadas de saúde e segurança

Prosseguir com a produção, neste momento de crise, é fundamental para que consultoras e revendedoras continuem obtendo renda com sua atividade e possam abastecer regiões distantes e periféricas com itens de primeira necessidade. Essas empreendedoras são agentes de transformação, com um papel social que, mais do que nunca, deve ser reconhecido.

Entre iniciativas as adotadas em apoio a consultoras e revendedoras estão flexibilização de crédito, fortalecimento de ferramentas e plataformas digitais e equiparação das comissões das vendas física e online, para incentivar uma nova rotina de trabalho que a situação exige.

As lojas Natura, The Body Shop e Aesop no Brasil estão fechadas, e a mesma recomendação é feita às lojas de franqueadas Aqui Tem Natura.

Continuar Lendo

Brasil

Sob ameaças de morte, Jean Wyllys abre mão do mandato e deixa o Brasil

Avatar

Publicado

em

‘Quero me manter vivo’, diz deputado Federal do Partido Socialismo e Liberdade (Psol)

O deputado federal pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol), Jean Wylly ira entregar o mandato e deixará o Brasil. Em uma entrevista concedida ao jornal Folha de S. Paulo, o parlamentar contou que, desde de que sua companheira de partido Marille Franco foi assassinada, ele vive sob escolta policial diante das inúmeras ameaças de morte. 

“O [ex-presidente do Uruguai] Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou para mim: ‘Rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis’. E é isso: eu não quero me sacrificar”, explicou Wyllys. Ele está de férias no exterior e revelou ao jornal que, após deixar a política, irá se dedicar à carreira acadêmica.

Ainda segundo o parlamentar, que foi eleito pela terceira vez consecutiva como deputado federal, o que também fortaleceu a ideia de deixar o país e o mandato foi a possível relação do senador eleito e filho de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, com a milícia carioca. 

“Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário. O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim”, desabafou. 

Durante a entrevista à Folha, Wyllys lamentou a falta de liberdade no Brasil e de como a sua decisão foi difícil. 

“Como é que eu vou viver quatro anos da minha vida dentro de um carro blindado e sob escolta? Quatro anos da minha vida não podendo frequentar os lugares que eu frequento?”, questionou.

Ele também afirmou que irá se afastar das redes sociais e irá procurar não acompanhar a repercussão da sua decisão.

“Essa não foi uma decisão fácil e implicou em muita dor, pois estou com isso também abrindo mão da proximidade da minha família, dos meus amigos queridos e das pessoas que gostam de mim e me queriam por perto”, lamentou.

Continuar Lendo

+ Lidas da semana