Fique Conectado

Mercado

Grupo ASTRA acompanha retomada da construção civil

Fillipe Santos

Publicado

em

Marca tem crescimento de 52% nas vendas de soluções para construtoras

Depois de o setor da construção civil enfrentar uma queda, iniciada em 2014 e agravada nos últimos três anos pela crise econômica e o envolvimento de grandes incorporadoras em escândalos de corrupção, que fez as empresas frearem os investimentos, o mercado experimenta uma retomada já no primeiro trimestre do ano.

No final de 2018, as perspectivas se mostraram favoráveis para os próximos anos e a confiança dos empresários da construção civil aumentou. O Índice de Confiança da Construção (ICST), calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE), era de 80,3 em setembro, subiu para 81,8 no mês seguinte e chegou a 84,7 em novembro. O maior nível atingido pelo índice desde janeiro de 2015. Além disso, o mercado imobiliário registrou aumento do número de lançamentos e incremento das vendas em 2018, o que gerou uma redução nos estoques, dando uma expectativa positiva.

A Astra, por exemplo, indústria que atua há mais de 60 anos no setor da construção civil, vem acompanhando estas tendências de perto. Só nos três primeiros meses deste ano houve um crescimento de 52% nas vendas para construtora, grande parcela disso de kits industrializados em pex, que são soluções para instalação hidráulica desenvolvidas especialmente para construtoras. Os kits propiciam a melhoria de qualidade, produtividade e redução do custo sistêmico e favorecem não só as construtoras, mas também o consumidor que tem produtos de vida útil maior dentro de seu imóvel, qualidade e menor incidência de manutenção. “Desde os anos 90, a Astra apostou na utilização do pex e fomentou a industrialização das obras”, afirma o gestor de vendas técnicas da Astra, Cleverson Callera. “Nossos kits industrializados podem contribuir muito para este momento, pois a retomada exige soluções rápidas, seguras e eficientes”, acrescenta.

Segundo Callera, em comparação ao sistema rígido tradicional, a instalação pode ser até 32 vezes mais rápida, ou seja, enquanto se faz a instalação de um imóvel com sistema tradicional, é possível fazer 32 quando se usa o kit industrializado pex, graças ao considerável ganho de mão de obra.

Kits industrializados com tubulações em polietileno reticulado (PEX)

Sistema composto por chicote hidráulico, chassi de esgoto (chassi plástico e metálico) e chassi de chuveiro. Tubulação em PEX, pré-montada e testada dentro da indústria. O chicote é usado nas instalações hidrossanitárias da obra. Elimina a necessidade de corte do tubo PEX no canteiro de obra. São totalmente personalizados conforme o projeto e o processo construtivo.

A marca atua com o material desde 1996 e desenvolveu os kits industrializados, que são confeccionados exclusivamente de acordo com a necessidade de cada obra, a partir do crescimento da construção civil e da demanda por um sistema que atendesse aos prazos das construtoras com qualidade e eficiência. Só o sistema hidráulico já foi instalado em mais de 100.000 unidades. Além dos kits hidráulicos, a marca também fabrica kits elétricos.

A perspectiva da Astra é que no decorrer do ano a demanda seja crescente e que, em consequência, haja uma expansão desse segmento na empresa, desde o operacional ao executivo.

__
Astra S/A Indústria e Comércio é uma empresa multiespecializada que cria e comercializa produtos e soluções para o dia a dia das pessoas.


Com portfólio de 5.700 produtos, a marca distribui seus itens no Brasil e em mais de 30 países mundo afora. No Brasil, está presente em mais de 32.100 pontos de venda. Instalada em uma área de 102.400 m², dividida em cinco unidades, a Astra emprega cerca de 1.700 pessoas na região de Jundiaí, a 60 km da capital paulista.


Referência no segmento de construção e acabamento, a Astra é anualmente premiada pela qualidade dos produtos e da prestação de serviço oferecida aos clientes e consumidores. Em 2018, entrou pela segunda vez consecutiva no roll das 1500 maiores empresas brasileiras, segundo ranking da Revista Empresas Mais, do jornal o Estado de São Paulo.

Continuar Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mercado

DMCard bate recorde no 1º semestre de 2019 com R$ 1,1 bilhão movimentado nos cartões private label

Fillipe Santos

Publicado

em

Montante representa um aumento de 32,5%, mantendo com folga a média de crescimento do valor gasto nos cartões, e ainda um crescimento de 50% de propostas com consumidores buscando cada vez mais o crédito

No primeiro semestre de 2019, foi movimentado nos cartões private label administrados pela DMCard pouco mais de R$ 1,1 bilhão. Valor que representa um crescimento de 32,5% nos gastos dos consumidores comparados com o mesmo período do ano passado, quando foram movimentados quase R$ 698 milhões. Além disso, também foi verificado um aumento de 50% nas propostas recebidas, o que mostra o consumidor do supermercado buscando cada vez mais o crédito para encher seu carrinho.

É a primeira vez que a companhia ultrapassa a marca de R$ 1 bilhão em um semestre. Além disso, a variação mantém com folga sua média de crescimento, que é de 30% ao ano. O cartão de loja se mostra um fenômeno que merece atenção, já que estes resultados foram consolidados em um ano que se iniciou marcado pelo encolhimento da economia com PIB negativo.

Há apenas três anos, em 2016, a administradora de cartões de crédito celebrava ter ultrapassado pela primeira vez a marca do bilhão durante todo aquele ano, quando registrou uma movimentação de R$ 1,08 bilhão em 12 meses. Desde então, nunca mais fechou um ano abaixo dessa marca, pelo contrário, apenas manteve seu ritmo de crescimento contínuo, conforme tabela abaixo.

ANOVALOR MOVIMENTADO
2016R$ 1,08 bi
2017R$ 1,3 bi
2018R$ 1,8 bi
2019 (previsão ano)R$ 2,4 bi

Cenário econômico e novas parcerias impulsionam crescimento

Carlos Tamaki, Diretor Financeiro da DMCard, explica o que tem impulsionado os bons resultados. “O cartão de loja tem sido cada vez mais buscado pelo consumidor como uma alternativa, já que tem encontrado dificuldade em conseguir crédito na rede bancária. Simultaneamente a este fenômeno, também tivemos um ano de forte expansão fechando contratos ou comprando carteiras de novas redes por todo o Brasil, muitas de grande porte e com faturamentos que ultrapassam R$ 1 bilhão ao ano”.

No final de 2018, a DMCard adquiriu a carteira de crédito dos Supermercados BH, em Minas Gerais, o 7º maior varejista do país que, até então, fazia a gestão de seu private label internamente. Já, no início deste ano, a DMCard adquiriu 100% da carteira de cartões de loja da UnidaSul, empresa gaúcha que administra as redes Supper Rissul (varejista) e Macromix (atacado) que, juntas, foram a terceira maior rede supermercadista do Rio Grande do Sul. E, além disso, também deu início a sua entrada no Nordeste, fechando contrato com quatro redes, na Bahia: RedeMix Supermercados, Supermercados Hiperideal, Supermercados Meira e Supermercados C&S.

Papel do Private Label na economia e no poder de compra

Como uma das líderes em seu segmento, os resultados da DMCard são um recorte desse mercado que comprova a força e a importância do cartão de marca própria para o segmento supermercadista e também para o poder de compra do consumidor e movimentação da economia.

A administradora ultrapassou a marca de 2,8 milhões de cartões emitidos em todo o território nacional em 2.200 pontos de venda das mais de 190 redes supermercadistas parceiras. Apenas no primeiro semestre, 708 mil novos consumidores preencheram propostas solicitando crédito para suas compras, um aumento de 50% quando comparado ao mesmo período do ano passado. Destas, uma média de 32% foram aprovadas, “uma taxa de aprovação que, devido ao risco de inadimplência crescente no país, teve uma leve queda mais que continua acima da média do país, onde as instituições financeiras tem reduzido cada vez mais suas ofertas de crédito e limites de compra”, explica Tamaki.

Somente neste período, a DMCard injetou no mercado mais de R$ 607 milhões em crédito, sendo R$ 201 milhões apenas em novos cartões emitidos e R$ 406 milhões em crédito concedido por meio de aumento do limite para portadores de cartões já ativos.

Os números são reflexo de um sistema bem estruturado e tempo médio de 5 minutos para uma proposta ser analisada e aprovada, potencializando os resultados do varejista. A maior agilidade foi alcançada graças a migração do atendimento das promotoras que registravam as propostas por um website para um aplicativo em dispositivos móveis, estas já representam 43% das propostas cadastradas.

Crescimento durante a crise

No primeiro trimestre de 2019, o Banco Central registrou encolhimento da economia, com PIB negativo de -0,2%. No mesmo período de janeiro a março, o IBGE também mostra uma queda do consumo nos supermercados de -0,9% e vendas no varejo em geral crescendo apenas 0,3%, em todo o Brasil.

Para uma comparação mais precisa, sendo considerados apenas os três primeiros meses do ano (período consolidado pelo Banco Central e IBGE até o momento) a DMCard teve um crescimento bastante alto para o cenário econômico, um aumento de 28% no valor gasto nos cartões. Uma diferença bastante acentuada que colabora para comprovar o papel do private label na economia atual, como pode ser observado na tabela abaixo.

PIB (Banco Central)– 0,2%
Vendas Supermercados (IBGE)– 0,9%
Varejo em Geral (IBGE)0,3%
DMCard28%

Dados de variação consolidados pelo Banco Central e IBGE do primeiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2018 pelas fontes:

Apoio ao supermercadista para enfrentar a concorrência

A DMCard investe constantemente em projetos e novas tecnologias, sempre em busca do incremento das vendas e de potencializar os resultados das redes supermercadistas parceiras. São importantes ferramentas para que enfrentem a concorrência com as gigantes do mercado oferecendo os mesmos benefícios aos seus consumidores.

Além do aplicativo para smartphones e tablets da DMCard, pelo qual os portadores contam com facilidades como consultar suas faturas, limite disponível, melhor dia de compra e realizar alterações cadastrais. E do aplicativo utilizado pelas promotoras para o preenchimento de propostas de forma muito mais ágil, em qualquer lugar da loja sem a necessidade de levar o consumidor até o balcão. Também já é uma realidade o aplicativo de ofertas totalmente customizado com a marca de cada rede.

Trata-se de um aplicativo desenvolvido pela DMCard, contudo, personalizado com a marca e as necessidades de um varejista específico. Ou seja, independente do tamanho e número de lojas, uma rede pode disponibilizar seu aplicativo próprio oferecendo cupons e ofertas de acordo com o perfil individual de cada cliente. Um processo possível graças a uma poderosa ferramenta de CRM que coleta e trabalha de forma inteligente dados de comportamento de compra. Atualmente já existem 19 redes oferecendo a facilidade e outras 19 em fase de desenvolvimento.

Sobre a DMCard

A DMCard é uma administradora de cartões private label que nasceu em 2002, em São José dos Campos, interior de são Paulo. A empresa viabiliza a redes de supermercados a possibilidade de oferecerem aos seus consumidores um cartão de crédito de marca própria que, além de aumentar as vendas, fideliza seus clientes.

Denis César Correia, Diretor Executivo da empresa, explica o sucesso e os diferencias da DMCard: “Somos uma empresa especialista em varejo, por isso podemos atender às necessidades específicas do segmento”.

A DMCard nasceu de uma pequena operação de cartões de fidelidade de uma rede varejista. Hoje, possui uma completa e integrada estrutura de administração e processamento de operações, e atua em diversas regiões do Brasil. A empresa já ultrapassou a marca de 2,8 milhões de cartões emitidos para mais de 190 redes e 2.200 lojas, incluindo Sonda, Cobal, Spani, Semar, Royal, Unissul, Docelar, Joanin, Ricoy, Imec, BH, Koch, Paulistão e Althof.

Além do crédito, a DMCard ainda oferece uma poderosa ferramenta de CRM que coleta informações sobre o hábito de compra dos consumidores, permitindo, assim, a criação de campanhas personalizadas e relevantes para os diferentes perfis de clientes existentes.

Com nota alta em qualidade de serviço, a DMCard é uma das únicas empresas de cartões que possui o selo RA1000, garantindo o compromisso da marca em oferecer o melhor serviço para seus parceiros e clientes.

Continuar Lendo

Jundiaí

Feiccad chega em julho para aquecer o mercado da construção civil

Fillipe Santos

Publicado

em

A Feiccad – Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração chega a sua 16ª edição em 2019 como a maior feira da construção civil do interior paulista. Organizada pela Adelson Eventos, a Feiccad acontece nos dias 18, 19, 20 e 21 de julho, no piso G3 do Maxi Shopping, em Jundiaí, com a expectativa de atrair mais de 7 mil visitantes nos quatro dias de evento.

Com cerca de 60 expositores dos mais diversos segmentos, a feira se consolidou nestes 16 anos como uma grande vitrine para exposição e lançamentos de produtos, serviços e geração de negócios para diversos segmentos, tais como lançamentos imobiliários, imóveis prontos, consórcios, móveis planejados, mármores e granitos, gesso, paisagismo, persianas, piscinas, marcenaria, revestimentos, decoração, sistemas de segurança, portaria inteligente, energia solar, gerenciamento de obras, entre outros.

“Ao longo dos anos, a Feiccad se destaca no calendário desses setores como referência no interior paulista, conquistando a confiança dos expositores, que reservam a cada edição novidades com lançamentos previstos estrategicamente para a feira”, pontua o diretor da Feiccad, Adelson Lopes.

Uma novidade desta edição é a realização de um projeto, em parceria com a Proempi (Associação das Empresas e Profissionais do Setor Imobiliário de Jundiaí e Região), voltado para condomínios com estandes de produtos e serviços para o segmento.

Expectativa

Apesar do momento econômico delicado, a expectativa para esta edição é movimentar cerca de R$ 10 milhões de reais. Segundo Lopes, a redução das taxas de juros para financiamento de imóveis pela Caixa, anunciada recentemente, deve impactar positivamente as vendas de imóveis.

Já em vigor, a taxa passou de TR+8,75% para TR+8,5%, ou seja, queda de 0,25 ponto percentual para os empréstimos concedidos por meio do Sistema Financeiro de Habitação. Pelo sistema, que financia imóveis de até R$ 1,5 milhão, a pessoa pode usar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Para o Sistema Financeiro Imobiliário, utilizado para financiar imóveis acima de R$ 1,5 milhão, a taxa cairá de TR+9,75% para TR+8,5%, redução de 1,25 ponto percentual. Já os empréstimos para clientes sem nenhum tipo de relacionamento com a Caixa, chamada “taxa de balcão”, os juros passam de TR+11% para TR+9,75%.  “Com a redução da taxa de juros do crédito imobiliário pela Caixa, o momento é propício para quem deseja adquirir um imóvel. Na Feiccad teremos uma grande variedade de lançamentos imobiliários, imóveis prontos e terrenos de construtoras e incorporadoras com credibilidade no mercado”, informa Lopes.

Palestras

Paralelamente à exposição de produtos e serviços do setor da construção civil, a programação da 16ª Feiccad inclui o Ciclo de Palestras, voltado a empresários, engenheiros, arquitetos e o público consumidor, em um auditório montado dentro da feira.

Temas relevantes ao setor serão tratados por especialistas durante os quatro dias de evento. A programação completa pode ser acessada no site do evento. “O Ciclo de Palestras já é uma tradição da feira e vem para reforçar a programação. Além dos principais lançamentos e novidades do setor, o visitante também vai encontrar muita informação”, destaca Lopes.

A 16ª Feiccad tem entrada gratuita mediante credenciamento online, que dá acesso à feira sem fila. Basta se cadastrar antecipadamente pelo site www.feiccad.com.br.

Serviço

16ª FEICCAD – Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração
Data: 18 a 21 de julho
Horário: Dias 18 (quinta-feira) e 19 (sexta-feira), das 15h às 22h; dia 20 (sábado) das 12h às 22h; e dia 21 (domingo) das 12h às 20h
Local: Piso G3 do Maxi Shopping Jundiaí
Endereço: Av. Frederico Ozanan, 6000 – Jundiaí/SP
Gratuito com credenciamento online pelo site www.feiccad.com.br

Continuar Lendo

Jundiaí

Fórum Gestores da Beleza chega à Jundiaí, em julho

Fillipe Santos

Publicado

em

Depois do sucesso nas edições em Santo André e Osasco, o “Fórum Gestores da Beleza” sai da grande São Paulo e chega à cidade Jundiai (SP) e região. No próximo dia 01/07 o evento acontecerá na cidade, apresentando tendências e soluções em gestão para salões de beleza, barbearia, clínicas de estética e esmalterias.

A comunicadora Fernanda Torres fará a mediação dos convidados, formados por profissionais de alta performance no setor da beleza nacional. São eles: Junior Gamba, diretor da Orange Trade, Silvia Palma, coordenadora educacional da Hair Brasil, Claudia Bellintani, da rede Santa Cabeleira, Debora Hunff, gerente de comunicação da Beauty Fair, Karina Melo, marketing digital da Beauty Fair, Eldereci Garcia,  da consultoria de beleza Inowit, Jeferson Massari, Square Company Hair, Marinaldo Oliveira, da Barbearia Bar, Ricardo Gimenez, da Academia Ondina, Jose Augusto, ABSB e rede Antony Beauty Center, Ana Flavia do SEBRAE e Erico Bitto, tricologista e empresário.

Realizado pelo Canal BBN (youtube) comandado pela empreendedora Fernanda Torres, o evento é apoiado pelo SEBRAE, pelas feiras Beauty Fair e Hair Brasil e pelo Projeto Tesourinha.

Serviço:
Onde: Rua Emile Pilon 234, Vila Arens e Vila Progresso – Jundiai – SP
Quando: 01/07/2019  – das 9h às 18h15
Inscrições: (11) 97543 5424

Continuar Lendo

+ Lidas