GM abre mercado de trigo no Brasil

A Bioceres, empresa argentina, obteve autorização do Brasil para importar farinha produzida a partir de trigo GM. O caminho para o cultivo de trigo GM no Brasil será aberto em breve?



Segundo a Bioceres, o HB4 é um marco para o órgão oficial de aprovação da farinha de trigo resistente à seca. O licenciamento da importação de farinha para consumo humano e animal é um avanço na comercialização de trigo GM.

Na Argentina, a safra de trigo “evento” HB4 foi aprovada há um ano. No entanto, o fato de o Brasil, como importador, permitir a importação de trigo GM é uma pré-condição para a aprovação.

Biocephalus trabalha para aumentar a produtividade das plantas. Segundo a empresa, a aprovação do Ministério da Pesquisa brasileiro é um passo importante para o desenvolvimento de uma agricultura resistente ao clima. Esta decisão é especialmente importante para fazendas onde o trigo é uma parte importante do ciclo da cultura. No sul do mundo, a Argentina é o país com maior produção de trigo, cobrindo uma área de seis a oito milhões de hectares. Devido às condições da Argentina para licenciar trigo no Brasil, a licença de importação de farinha atualmente emitida é uma importante medida provisória.




Gostou do artigo? Compartilhado!

READ  EUA: Prezydent Brazylii jadł pizza na ulygy Nowego Jorku, bo wstip do lokali mają tylko zaszczepieni

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Dia Jundiaí