Fique Conectado

Jundiaí

No Sesc, curso gratuito qualifica jovens artistas

Avatar

Publicado

em

Com o objetivo de fortalecer o cenário artístico local, o Sesc Jundiaí realiza entre março e abril o curso Autonomia na Produção Cultural, onde os participantes vão mesclar conteúdos teóricos e práticos para otimizar a gestão dos seus projetos.

O curso é orientado pelo produtor jundiaiense Gustavo Koch, que soma vasta experiência na gestão artística e cultural. Em seu currículo recente estão os festivais Hip Hop District e Festa Julina Jundiaí, além da produção executiva dos cantores Renan Cavolik e Thiago Pethit.

Festa Julina Jundiaí em 2019 | Foto: Eudes Corrêa

Gratuito ao público, o curso terá oito encontros entre os dias 11 de março e 29 de abril, sempre às quartas-feiras. As pessoas interessadas devem responder o porquê gostariam de participar da atividade e enviar um breve currículo para o e-mail valorizacao@jundiai.sescsp.org.br.

Gustavo Koch | Foto: Ana Paula Oehler

O projeto é focado em jovens artistas e agentes culturais residentes ou com atuação nas periferias. Temas como o uso da comunicação para a transformação de realidades e o futuro das políticas públicas culturais estão entre os tópicos que serão abordados.

O DIA JUNDIAÍ conversou brevemente com o produtor, confira:

O DIA: Um dos aspectos do seu trabalho é busca constante pela qualificação de artistas e criadores culturais da cidade, por quê?

Gustavo Koch: Eu acredito que Jundiaí possa uma das cidades mais criativas da América Latina. Temos diversas características que contribuem para isso, como a localização estratégica e uma grande presença de artistas. Porém, sabemos pouco sobre o que criamos aqui, faltam dados indicadores, por exemplo. Por isso a necessidade de capacitar. Assim fortalecemos o cenário artístico e estimulamos a geração de informações úteis ao desenvolvimento cultural.

O DIA: O que as pessoas interessadas podem esperar do curso?

GK: O objetivo é compartilhar conhecimentos e hábitos que sejam práticos, provocar reflexões sobre o desenvolvimento da cidade através da cultura e estimular a autonomia. É um curso para quem está começando ou já começou, mas quer ir além. Ao mesmo tempo em que visitamos o básico, vamos debater temas contemporâneos ligados à produção cultural.

O DIA: Você está representando Jundiaí no World Creativity Day (WCD), conte mais.

GK: É um projeto incrível com apoio da ONU que une criatividade e inovação em busca do desenvolvimento sustentável em diferentes áreas. Mais de 100 cidades brasileiras recebem o projeto neste ano, nos dias 21 e 22 de abril. Ao redor do mundo, pelo menos outros sete países já têm programações confirmadas. Por aqui, estamos quase fechando as atividades, mas é possível adiantar que terão como eixo temático a economia criativa.

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1415402545296247

Continuar Lendo
PUBLICIDADE
Clique para comentar

Empregos

Assaí Atacadista abre 285 vagas de emprego em Jundiaí

Avatar

Publicado

em

O Assaí Atacadista, rede de atacado de autosserviço que mais cresce no Brasil, está selecionando profissionais para sua loja que será inaugurada em Jundiaí nos próximos meses. São 285 vagas para diferentes setores da unidade, como operador de caixa, operador de empilhadeira, repositor, cartazista, nutricionista, cozinheiro e atendente de vendas, incluindo oportunidades para Pessoas com Deficiência. Os interessados devem se cadastrar no site https://expansaoassaijundiai.gupy.io/ até o dia 3 de julho.

Como medida de prevenção contra a Covid-19, o processo seletivo da rede foi adaptado para ser realizado 100% online. “Em todo o Brasil, o Assaí adotou uma série de medidas para garantir a segurança de seus colaboradores e clientes. Em Jundiaí, estamos tomando todos os cuidados necessários já na etapa de seleção dos candidatos. Faremos a seletiva online para evitar deslocamentos desnecessários e aglomerações. Em especial nesse período que estamos vivendo, queremos colaborar com a geração de renda para a população, fortalecendo a economia local e cumprindo com o nosso papel na sociedade”, afirma Sandra Vicari, Diretora de Gestão de Gente no Assaí Atacadista.  

O Assaí oferece remuneração e pacote de benefícios compatíveis com o mercado. A rede possui, ainda, um plano estruturado de carreira e investe constantemente em capacitação e no desenvolvimento profissional de seus colaboradores em todo o País.

Negócio de atacado de autosserviço do GPA, um dos maiores grupos varejistas do país, o Assaí atende pequenos e médios comerciantes e consumidores em geral que buscam economia em compras de grande volume. Atacadista que mais cresce no Brasil, a rede está presente nas cinco regiões do País, com 169 lojas distribuídas em 21 estados e no Distrito Federal. Conta com uma plataforma própria de serviços financeiros, o Passaí, composta por cartão próprio e uma maquininha de cartão de crédito e débito. Anualmente, o Assaí recebe mais de 250 milhões clientes em suas unidades. Em 2019, foi eleito o atacadista mais admirado do País pelo ranking IBEVAR-FIA.

Continuar Lendo

Jundiaí

Após a quarentena, Jundiaí receberá o Bar Santa Leda

Avatar

Publicado

em

bar santa leda jundiai

Quando a quarentena for finalizada, Jundiaí receberá um novo bar, o Bar Santa Leda. Localizado no Boulevard Beco Fino, o bar substituirá o Varuka SteakBar. A ideia inicial era de inaugurar em abril, mas por conta da quarentena devido a pandemia de Coronavírus a inauguração teve de ser adiada.

Jundiaí tem visto a sua rotina mudar e novos bares serem instalados na cidade.

Continuar Lendo

Jundiaí

Subsede da Apeoesp em Jundiaí vai arrecadar cestas básicas para professores sem salário

A campanha acontece nas 94 unidades da entidade sindical

Avatar

Publicado

em

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) lançou nesta segunda-feira (20) a campanha “Solidariedade nas Subsedes” com o objetivo de arrecadar cestas básicas a serem distribuídas a professores e famílias em situação de vulnerabilidade social em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. Todas as 94 unidades da entidade sindical estão recebendo doações de alimentos, produtos de limpeza e itens de proteção individual.

A presidenta da Apeoesp, a deputada estadual Professora Bebel (PT), explicou que a distribuição das cestas básicas terá como prioridade os profissionais que estão sem aulas durante a quarentena como, por exemplo, os professores eventuais e os da chamada “Categoria O”, que não conseguiram ter aulas atribuídas.

“Nós estamos profundamente engajados na defesa da vida, não apenas defendendo a continuidade do isolamento social como forma eficaz de proteção contra a covid-19, mas também realizando essa campanha de arrecadação de alimentos. Esses itens também serão distribuídos a outras pessoas que necessitarem, na medida das possibilidades”, destacou Bebel.

Nesta segunda-feira, a presidenta da Apeoesp participou da distribuição de 400 cestas básicas e 80 marmitex em Piracicaba, no interior de São Paulo. A professora eventual Camila Correia de Almeida Manoel, que está afastada do trabalho desde meados do ano passado e teve seu salário cortado no início deste ano, foi uma das beneficiadas com a cesta básica. “O que a Apeoesp está fazendo é de suma importância, uma vez que os professores eventuais estão sem renda”, enfatizou a educadora.

Além da arrecadação de alimentos, a Apeoesp também está recebendo doações por meio de depósito bancário na sua conta Agência 0041/Conta 13-005573-9, no Banco Santander. Os recursos arrecadados serão utilizados na compra de mais alimentos para a categoria. “Esse é o momento de sermos solidários. A doação pode ser de qualquer valor. O isolamento é necessário, mas, para que ele seja feito, as famílias precisam de comida”, defendeu a deputada.

A Professora Bebel destacou ainda que continuará pressionando o governo do Estado de São Paulo para garantir uma renda mínima aos professores sem vínculo de trabalho. “Vamos continuar na luta para que o governo conceda uma renda de pelo menos R$ 1.500 a cada professor eventual. É inadmissível o governador João Doria determinar isolamento social no Estado, mas não dar condições aos professores e às famílias carentes que precisam de atenção especial”, argumenta a deputada.

A subsede da Apeoesp em Jundiaí fica na Rua XV de Novembro, 1462 – Centro .

Continuar Lendo

+ Lidas do Mês