Fique Conectado

Louveira

CDHU autoriza início de obras de 178 moradias em Louveira

O Dia Jundiaí

Publicado

em

Também estão sendo autorizados serviços de regularização fundiária em dez municípios nesta terça-feira

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), autorizou, nesta terça-feira (11/6), o início das obras para construção de 178 casas em Louveira, região de Campinas. Serão investidos R$ 16,7 milhões nas moradias. Na cerimônia, estavam presentes o secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, o diretor técnico da CDHU, Aguinaldo Quintana, e o diretor de atendimento habitacional da Companhia, Marcelo Hercolin.

“Nós temos 16 mil unidades habitacionais em obras pela CDHU e 31 mil pela Agência Casa Paulista. A autorização para a construção de moradias aqui em Louveira só mostra que estamos trabalhando para que esses números cresçam e que mais famílias sejam atendidas”, disse o secretário Flavio Amary, destacando que, com o início das obras, a geração de emprego local também é incentivada.

A aposentada Carmita Dias Teixeira, de 74 anos, estava presente na assinatura da autorização de início das obras e está esperançosa de que, no futuro, será contemplada com uma das moradias. “Eu já participei de alguns sorteios de moradias populares e não tive sorte. Pago R$ 600 de aluguel e, como a maioria das pessoas, meu sonho é pagar pela minha casa própria. Vou acompanhar as obras e espero ter sorte no sorteio!”, disse.

Cidade Legal – Durante o evento também foram autorizadas ordens de serviço do programa Cidade Legal para a regularização fundiária de 3.945 imóveis nos municípios de Atibaia (85 imóveis), Bragança Paulista (297 imóveis), Hortolândia (210 imóveis), Jundiaí (450 imóveis), Louveira (55 imóveis), Mogi Mirim (2.594 imóveis), Itirapina (225 imóveis) e Rafard (29 imóveis). À tarde, em Holambra, serão assinadas as ordens de serviço para regularizações em Cajobi (20 municípios) e Pedreira (81 imóveis), totalizando 4.046 imóveis nos municípios da região, cujos processos de regularização se iniciam nessa data.

O programa da Secretaria de Estado da Habitação acelera e desburocratiza o processo de regularização fundiária, sem custo aos municípios e aos moradores. As prefeituras recebem apoio técnico para a regularização de parcelamento do solo e de núcleos habitacionais, públicos ou privados, para fins residenciais, localizados em área urbana ou de expansão urbana.A iniciativa também oferece assessoria para intermediar o registro dos projetos de regularização fundiária urbana nos registros de imóveis. Além de garantir segurança jurídica, o programa leva às famílias de baixa renda outros benefícios, como o acesso ao mercado formal de crédito, a possibilidade de comercialização do imóvel e a transferência para filhos ou herdeiros.

Trabalho do Cidade Legal na RMC – Na Região Metropolitana de Campinas, já foram atendidos 72 municípios com 232 núcleos e 35 mil imóveis regularizados, com 142 mil pessoas já atendidas.

Entretenimento

Louveira recebe cinema itinerante gratuito a partir do dia 8

O Dia Jundiaí

Publicado

em

Projeto Cine em Cena Brasil irá oferecer sessões gratuitas, inclusive em 3D, aos moradores do Bairro Santo Antônio

A partir da próxima segunda-feira (8), a cidade de Louveira irá receber o cinema itinerante gratuito do projeto Cine em Cena Brasil. A programação segue até quarta-feira (10) e inclui filmes nacionais e internacionais para o público de todas as idades.

A sala itinerante ficará montada na Rua Anderson Marques, s/n, no Bairro Santo Antônio.

Similar a um cinema convencional, a sala possui 225 lugares, cadeiras com encosto e assentos com almofadas, ar condicionado, tela de 26m2, sistema de som 5.1 e projeção digital 2D e 3D. Além disso, algumas sessões contarão com recursos de acessibilidade como tradução simultânea em libras, legenda descritiva e audiodescrição.

Durante os três dias, serão exibidas 12 sessões gratuitas dos filmes: Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas, Os Incríveis 2 (3D), Viva – A Vida é uma Festa, Venon, Lino, Uma Aventura de Sete Vidas e O Quebra Nozes e os Quatro Reinos.

A iniciativa é apresentada pelo Ministério da Cidadania e pelo Instituto CCR com patrocínio da CCR AutoBAn, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet. Além disso, o projeto também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Louveira.

O que é o Cine em Cena Brasil?

O projeto Cine em Cena Brasil, realizado pela Ibirijá Produções, é uma sala de cinema itinerante que leva a sétima arte às cidades que não possuem salas comerciais.

Um dos sócios da Ibirajá Produções, Edson Souza, de São Paulo, explica que o projeto surgiu da necessidade de levar a sétima arte à população menos favorecida. Segundo ele, no Brasil, apenas 7% dos municípios possuem salas de cinema. Muitas vezes, para a comunidade mais carente, a sala itinerante é o primeiro contato com o cinema.

O projeto também trabalha com agendamento de escolas públicas. Para levar grupos de alunos, é preciso procurar com antecedência a Secretaria Municipal de Cultura.

Mais informações sobre o projeto e a programação completa estão disponíveis no link https://www.facebook.com/cineemcenabrasil/

 “Cine em Cena Brasil” – Louveira-SP 
Dia 8 – Segunda-feira
10h: Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (Livre)
13h30: Os Incríveis 2 (3D) (Livre) (LD)
15h30: Viva – A Vida é uma Festa (Livre) (LD/AD/LB)
19h30: Venon (14 anos)

Dia 9 – Terça-feira
8h: Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (Livre)
10h: Lino, Uma Aventura de Sete Vidas (Livre) (LD)
13h30: Os Incríveis 2 (3D) (Livre) (LD)
15h30: Viva – A Vida é uma Festa (Livre) (LD/AD/LB)

Dia 10 – Quarta-feira
8h: Lino, Uma Aventura de Sete Vidas (Livre) (LD)
10h: Viva – A Vida é uma Festa (Livre) (LD/AD/LB)
13h30: O Quebra Nozes e os Quatro Reinos (Livre)
15h30: Os Incríveis 2 (3D) (Livre) (LD)  
LD: LEGENDA DESCRITIVA
AD: ÁUDIODESCRIÇÃO
LB: LIBRA

Continuar Lendo

Louveira

Rota das Bandeiras realiza entrega das obras de duplicação da rodovia Romildo Prado (SP-063), em Louveira

O Dia Jundiaí

Publicado

em

Novidade vai beneficiar cerca de 13 mil motoristas que passam diariamente pelo local

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, realizou na tarde desta quinta-feira, dia 31 de janeiro, a entrega das obras de duplicação da rodovia Romildo Prado (SP-063), no trecho de Louveira. O evento contou com a participação do secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano, além de representantes da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

A duplicação da rodovia contempla o trecho localizado entre os km 0 e 2 e vai beneficiar cerca de 13 mil motoristas que passam diariamente pela região. Além da duplicação, dois novos trevos foram implantados, nos km 0+800 e 1+800, medida que vai garantir as melhorias de segurança e de tráfego na via.

As obras ainda contam com a instalação de passeio para pedestres e uma ciclovia. “Essa medida visa atender a uma demanda que foi apresentada pela população local”, explica a diretora-presidente da Rota das Bandeiras, Ana Carolina Farias, lembrando que muitas pessoas frequentam o Parque do Trabalhador, que fica localizado na rodovia, para o lazer.

Até o final de dezembro, será entregue a segunda etapa da obra com a conclusão de um novo viaduto no km 2, complementando a duplicação até o km 2,3. Os investimentos nas obras das duas fases somam R$ 47,7 milhões, totalmente custeados pela Concessionária.

Além do benefício ao tráfego de veículos e ampliar a capacidade de escoamento da produção dos municípios, as obras foram responsáveis pela geração de 450 empregos diretos e 240 indiretos, contribuindo de maneira importante para o desenvolvimento socioeconômico da região.

Desde o começo da Concessão do Corredor Dom Pedro, a Rota das Bandeiras já investiu R$ 2,3 bilhões em obras de manutenção, conservação e modernização do Corredor Dom Pedro. Entre as principais intervenções, além da duplicação da rodovia Romildo Prado, estão a duplicação da rodovia Eng. Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí; a implantação das novas vias marginais da rodovia D. Pedro I (SP-065) e a ampliação da rodovia José Roberto Magalhães Teixeira (SP-083), ambas em Campinas.

Com 297 km de extensão, o Corredor Dom Pedro é formado pelas rodovias D. Pedro I e José Roberto Magalhães Teixeira, além de trechos das rodovias Romildo Prado, entre Itatiba e Louveira; Prof. Zeferino Vaz (SP-332), entre Campinas e Mogi Guaçu; e Eng. Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí.

Continuar Lendo

Campo Limpo Paulista

99 altera preços e fica ainda mais barata em Jundiaí e região

O Dia Jundiaí

Publicado

em

App reduz taxa cobrada do motorista para aumentar ganho do condutor; passageiro tem economia média de 15%

A 99 – empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing – definiu uma nova estratégia de preços para tornar suas corridas ainda mais competitivas em Jundiaí, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Louveira, Várzea Paulista.

Nestas localidades, a 99 pode proporcionar a seus passageiros uma economia média de 15% frente à concorrência em alguns trajetos na modalidade 99Pop (carros particulares). Há trechos em que a economia ultrapassar 20%. Para os motoristas, a vantagem é a redução da taxa de serviço cobrada pelo aplicativo. A 99 fixou em 17,99% a tarifa cobrada (antes era 19,99%). A concorrência cobra entre 23% e 25% de taxas.

Segundo Davi Miyake, diretor de Estratégia e Planejamento da 99, a alteração na fórmula de preços tem como objetivo ampliar o acesso de novos usuários à plataforma da 99. “Com a iniciativa, estamos nos tornando o aplicativo mais barato para o passageiro e também o mais rentável para o motorista”, afirma Miyake. “Convidamos a todos os usuários a baixarem nosso aplicativo e conferir nossos diferenciais de preço e segurança”, ressalta.

Continuar Lendo

+ Lidas da semana