Carnaval do Rio cancelado. O Brasil luta contra o Covit-19.

O prefeito da cidade, Eduardo Pius, anunciou a decisão na quarta-feira, citando a Reuters.

“A festa de rua, por sua própria natureza, não pode ser submetida a qualquer escrutínio por razões democráticas”, comentou Pio.

Tanto o desfile do festival nas ruas do Rio de Janeiro quanto os eventos que o acompanham foram cancelados. No entanto, o desfile das escolas de samba, com todas as medidas de precaução necessárias, será assistido pelo público da arena Marques de Sabugai Sambotrome da cidade. No ano passado, essa parte do tradicional desfile da festa carioca também foi cancelada.

Outras cidades brasileiras também cancelaram suas marchas. Salvador, no leste do Brasil, anunciou a decisão na semana passada. Da mesma forma, desfiles de festivais de rua foram cancelados pela cidade de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. Enquanto isso, São Paulo planeja converter o tradicional desfile de rua em uma pista de corrida de Fórmula 1.

O número de infecções do Governo-19 no Brasil continua a aumentar. O Ministério da Saúde disse nesta terça-feira 18.759 novas infecções foram detectadas e 175 mortes relacionadas ao governo-19 foram relatadas. Até agora, cerca de 170 casos da variante Omigron foram confirmados em todo o país.

READ  Ações misturadas após dados de empregos ADP, exposição elétrica da GM

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Dia Jundiaí