Brasil – um país em constante crise. Por que a inflação pesa sobre as pessoas reais?

Foto: freepik.com

O Brasil está recebendo mais atenção de investidores reais. Essa situação tem sua justificativa. Desde março deste ano, a taxa de juros neste país aumentou 575 pontos base, resultando em uma taxa de referência de 7,75%. No entanto, seu alto nível é um derivado da avaliação de risco associada ao investimento em ativos locais.

O banco central brasileiro parece ser volátil em seus esforços para manter a estabilidade de preços. No início deste ano, a taxa de câmbio real começou a cair, Banco Central do Brasil (BCB) não hesitou em intervir no mercado cambial. Agora a inflação subiu ao nível do maior inimigo, com seu nível já ultrapassando a barreira psicológica de 10% em setembro. Em outubro, o índice CPI subiu ainda mais (10,67%). Em resposta a esse forte avanço, em 27 de outubro, o BCB decidiu aumentar mais uma taxa de juros. Desta vez 150 pontos base, resultando em uma taxa SELIC de 7,75%.

Brasil - um país em constante crise.  Por que a inflação pesa sobre as pessoas reais?  - 1

Esse aumento levou a um aumento significativo do real brasileiro (BRL). Você tem que pagar R$ 5,75 por um dólar no dia 22 de outubro e apenas 5,4 reais por 11 dólares no mesmo dólar. Vale ressaltar que, ao mesmo tempo, o dólar norte-americano apresentou uma tendência bastante ascendente em relação a outras moedas, mas ocorreu tal valorização do valor real. Assim, devido aos movimentos recentes do BCB, há vários indícios de que a realidade local volta a ser um elo fundamental na estratégia. Conduzir negócio (Pedir fundos emprestados em moeda com juros baixos e depois depositar em moeda com alta taxa de juros).

De fato, o real brasileiro tem estado na vanguarda das moedas de mercados emergentes nas últimas semanas. Seus lucros em relação às moedas de nossa região são particularmente significativos. Não apenas a péssima política do BCB, mas também as tendências positivas nos mercados de commodities têm falado recentemente a favor de um desempenho realmente bom. Não faltam recursos naturais no Brasil, como disse mais adiante nesta palestra. Apesar da combinação de fatores favoráveis ​​à compra do real, muitos especialistas estão céticos quanto à sustentabilidade dos fatores que sustentam a moeda brasileira. Por quê?

READ  Administração de Biden estende suspensão de empréstimos estudantis

O artigo está disponível para os leitores da FXMAG Magazine.

Precisa acessar o artigo?

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Dia Jundiaí