Brasil: Registro recente de chuvas e deslizamentos de terra. 117 pessoas morreram

Isto Chuva pesadaEle visitou a cidade que atrai muitos turistas Petrópolis Desde 1932 – aponta a Reuters.

Chuva forte caiu em Petrópolis na noite desta quinta-feira. 6 cm de chuvaCausando mais instabilidade da terra do que antes. À noite – como alertam os meteorologistas – somará 4 cm.

Locais Deslizamentos e deslizamentos de terra Há uma operação de resgate com a qual ele está intimamente envolvido 500 socorristas.

Só perto de Petrópolis 700 pessoas foram forçadas a fugir de suas casas Devido à ameaça, informou a Reuters. Cláudio Castro, governador da província do Rio de Janeiro, comparou os desastres com a guerra e os classificou como os mais altos.

Eles estão vindo Informações conflitantes sobre o número de pessoas identificadas como desaparecidas. A polícia acredita que cerca de cem pessoas estão desaparecidas, enquanto a promotoria diz que o número não ultrapassou 35.

Em um rosto muito sério Desastre natural O Ministério Federal da Economia suspendeu a arrecadação de impostos devido às fortes chuvas no Rio de Janeiro e no Espírito Santo.

presidente do brasil Jair Bolzano Ele anunciou que visitaria a área afetada imediatamente após seu retorno de sua viagem à Hungria e à Rússia. Ele prometeu Arrecadação de fundos Para a reconstrução de infra-estruturas em ruínas. Ele escreveu no Twitter que havia instruído seus ministros a fornecer assistência imediata às vítimas.

READ  Brasil - um país em constante crise. Por que a inflação pesa sobre as pessoas reais?

Está chovendo muito no Brasil Desde dezembro. As chuvas atrasaram a colheita, e a Reuters escreve que é preciso parar a mineração de minas no estado de Minas Gerais. Em janeiro, desastres causados ​​por chuva nos estados de Minas Gerais e São Paulo Ao todo, 40 pessoas morreram.



Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Dia Jundiaí