Fique Conectado

Jundiaí

ACE Jundiaí comemora 97 anos de estímulo ao empresário

Avatar

Publicado

em

A Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí está completando 97 anos de fundação. São quase cem anos no protagonismo da luta pelos interesses dos empresários e na interlocução de importantes movimentos sociais para estimular o crescimento dos negócios do município.

A ACE foi fundada em fevereiro de 1923, ainda como Associação Commercial de Jundiahy, e ao longo de seus 97 anos vivenciou grandes transformações na política, economia e na história da cidade.

À época, Carlos Del Porto, da Casa Del Porto, de tecidos e armarinhos, Sperandio Rappa e outros empresários conhecidos da cidade buscavam estratégias para o desenvolvimento dos negócios e mobilizaram-se para fundar a entidade.

Depois de seu primeiro presidente, o italiano Sperandio Rappa, empresários conhecidos no comércio da cidade assumiram a presidência da entidade, entre eles, José Sciamarelli, Hermes Traldi, Tolmino Fabricio e Walter Corazzari. Todos com o mesmo propósito de integrar, unir, representar e desenvolver os negócios na cidade. “Somos uma Associação de empresários e acreditamos que quando trabalhamos juntos, somamos forças e conseguimos alcançar os nossos objetivos com mais facilidade”, diz o atual presidente, Mark William Ormenese Monteiro.  

Ele acredita que Jundiaí, que tem o 7º melhor PIB do Estado de São Paulo, deve ter uma Associação Comercial forte, que estimule a competitividade e a conectividade entre os empresários. E como fazer isso? Oferecendo uma rede de vantagens a associados e seus colaboradores, educação corporativa, serviços que usam inteligência de dados para estimular os negócios e outras soluções que proporcionam redução de custos e ajudam o empresário na tomada de decisão.  

Mark cita como exemplo o grupo de negócios Unace, que nasceu na ACE Jundiaí e já ajudou em torno de 120 empresas que geraram um total de R$ R$ 2,6 milhões desde 2018, quando iniciaram as atividades. “Ser empresário em nosso país não é algo fácil. Além de lidar com as questões tributárias e financeiras, ele precisa ter uma série de habilidades para conquistar o sucesso e a ACE pode ajudá-lo.”

O Unace é apenas um dos serviços oferecidos. Só a Rede ACE+ reúne 40 empresas de diferentes segmentos que oferecem vantagens aos consumidores, às empresas associadas (e seus colaboradores) que podem fortalecer sua marca usando a credibilidade da Associação. Desde que foi inaugurada, há dois anos, a Escola de Negócios já recebeu 2.200 alunos em 150 cursos nas áreas de liderança, vendas, marketing, atendimento ao cliente, desenvolvimento de equipes, entre outras. “Faz parte do propósito da ACE Jundiaí incentivar a inovação e o empreendedorismo, assim como oferecer ferramentas para o desenvolvimento profissional para que empresários e seus colaboradores possam atualizar-se frente às constantes mudanças, exigências e dinamismo do mercado”, afirma a vice-presidente, Leandra Maia Diniz.

Planos de celular, locação de salas, espaço para eventos, cafés corporativos com entrada gratuita, descontos em exames de segurança e saúde ocupacional e emissão de certificado digital também estão na relação de benefícios oferecidos ao associado.

Na área financeira, a ACE conta com produtos que proporcionam agilidade na tomada de decisão, redução de riscos de fraude e inadimplência e oportunidade de novos negócios. “A ACE se modernizou, vem inovando em produtos e serviços mas ainda mantém os princípios traçados por seus fundadores, em 1923, de sermos os protagonistas em buscar formas de atender as demandas inerentes ao empreendedorismo e estimular o desenvolvimento dos negócios da região”, afirma o presidente. 

Empregos

Assaí Atacadista abre 285 vagas de emprego em Jundiaí

Avatar

Publicado

em

O Assaí Atacadista, rede de atacado de autosserviço que mais cresce no Brasil, está selecionando profissionais para sua loja que será inaugurada em Jundiaí nos próximos meses. São 285 vagas para diferentes setores da unidade, como operador de caixa, operador de empilhadeira, repositor, cartazista, nutricionista, cozinheiro e atendente de vendas, incluindo oportunidades para Pessoas com Deficiência. Os interessados devem se cadastrar no site https://expansaoassaijundiai.gupy.io/ até o dia 3 de julho.

Como medida de prevenção contra a Covid-19, o processo seletivo da rede foi adaptado para ser realizado 100% online. “Em todo o Brasil, o Assaí adotou uma série de medidas para garantir a segurança de seus colaboradores e clientes. Em Jundiaí, estamos tomando todos os cuidados necessários já na etapa de seleção dos candidatos. Faremos a seletiva online para evitar deslocamentos desnecessários e aglomerações. Em especial nesse período que estamos vivendo, queremos colaborar com a geração de renda para a população, fortalecendo a economia local e cumprindo com o nosso papel na sociedade”, afirma Sandra Vicari, Diretora de Gestão de Gente no Assaí Atacadista.  

O Assaí oferece remuneração e pacote de benefícios compatíveis com o mercado. A rede possui, ainda, um plano estruturado de carreira e investe constantemente em capacitação e no desenvolvimento profissional de seus colaboradores em todo o País.

Negócio de atacado de autosserviço do GPA, um dos maiores grupos varejistas do país, o Assaí atende pequenos e médios comerciantes e consumidores em geral que buscam economia em compras de grande volume. Atacadista que mais cresce no Brasil, a rede está presente nas cinco regiões do País, com 169 lojas distribuídas em 21 estados e no Distrito Federal. Conta com uma plataforma própria de serviços financeiros, o Passaí, composta por cartão próprio e uma maquininha de cartão de crédito e débito. Anualmente, o Assaí recebe mais de 250 milhões clientes em suas unidades. Em 2019, foi eleito o atacadista mais admirado do País pelo ranking IBEVAR-FIA.

Continuar Lendo

Jundiaí

Após a quarentena, Jundiaí receberá o Bar Santa Leda

Avatar

Publicado

em

bar santa leda jundiai

Quando a quarentena for finalizada, Jundiaí receberá um novo bar, o Bar Santa Leda. Localizado no Boulevard Beco Fino, o bar substituirá o Varuka SteakBar. A ideia inicial era de inaugurar em abril, mas por conta da quarentena devido a pandemia de Coronavírus a inauguração teve de ser adiada.

Jundiaí tem visto a sua rotina mudar e novos bares serem instalados na cidade.

Continuar Lendo

Jundiaí

Subsede da Apeoesp em Jundiaí vai arrecadar cestas básicas para professores sem salário

A campanha acontece nas 94 unidades da entidade sindical

Avatar

Publicado

em

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) lançou nesta segunda-feira (20) a campanha “Solidariedade nas Subsedes” com o objetivo de arrecadar cestas básicas a serem distribuídas a professores e famílias em situação de vulnerabilidade social em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. Todas as 94 unidades da entidade sindical estão recebendo doações de alimentos, produtos de limpeza e itens de proteção individual.

A presidenta da Apeoesp, a deputada estadual Professora Bebel (PT), explicou que a distribuição das cestas básicas terá como prioridade os profissionais que estão sem aulas durante a quarentena como, por exemplo, os professores eventuais e os da chamada “Categoria O”, que não conseguiram ter aulas atribuídas.

“Nós estamos profundamente engajados na defesa da vida, não apenas defendendo a continuidade do isolamento social como forma eficaz de proteção contra a covid-19, mas também realizando essa campanha de arrecadação de alimentos. Esses itens também serão distribuídos a outras pessoas que necessitarem, na medida das possibilidades”, destacou Bebel.

Nesta segunda-feira, a presidenta da Apeoesp participou da distribuição de 400 cestas básicas e 80 marmitex em Piracicaba, no interior de São Paulo. A professora eventual Camila Correia de Almeida Manoel, que está afastada do trabalho desde meados do ano passado e teve seu salário cortado no início deste ano, foi uma das beneficiadas com a cesta básica. “O que a Apeoesp está fazendo é de suma importância, uma vez que os professores eventuais estão sem renda”, enfatizou a educadora.

Além da arrecadação de alimentos, a Apeoesp também está recebendo doações por meio de depósito bancário na sua conta Agência 0041/Conta 13-005573-9, no Banco Santander. Os recursos arrecadados serão utilizados na compra de mais alimentos para a categoria. “Esse é o momento de sermos solidários. A doação pode ser de qualquer valor. O isolamento é necessário, mas, para que ele seja feito, as famílias precisam de comida”, defendeu a deputada.

A Professora Bebel destacou ainda que continuará pressionando o governo do Estado de São Paulo para garantir uma renda mínima aos professores sem vínculo de trabalho. “Vamos continuar na luta para que o governo conceda uma renda de pelo menos R$ 1.500 a cada professor eventual. É inadmissível o governador João Doria determinar isolamento social no Estado, mas não dar condições aos professores e às famílias carentes que precisam de atenção especial”, argumenta a deputada.

A subsede da Apeoesp em Jundiaí fica na Rua XV de Novembro, 1462 – Centro .

Continuar Lendo

+ Lidas do Mês